Páginas

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Prefiro deixar de ser bispo do que usar as emoções para atrair fiéis, diz Edir Macedo

O fundador da IURD acredita que a fé tem que ser racional e não sentimental Prefiro deixar de ser bispo do que usar as emoções para atrair fiéis, diz Edir Macedo 
Prefiro deixar de ser bispo do que usar as emoções para atrair fiéis, diz Edir Macedo

Cansado de ver pastores usando a emoção para atrair fiéis, o bispo Edir Macedo usou sua conta no Twitter para desabafar e dizer que prefere deixar seu ministério do que ter que apelar para o sentimentalismo.
“Eu largaria a minha profissão de fé como pastor ou bispo, se um dia, tivesse que apelar para emoções para garantir membros na Igreja”, escreveu ele no microblog na última segunda-feira (27).
Na visão do fundador da Igreja Universal do Reino de Deus usar as emoções seriam os apelos emocionados dos pastores, a forma como eles falam sobre a salvação e até mesmo as canções do gospel, fatores criticados por ele em outras ocasiões.
Sempre que fala sobre o assunto, Macedo deixa claro que na Igreja Universal ele ensina a fé inteligente e não a emotiva. Ainda de acordo com ele, esse seria o motivo dele receber tantas críticas, pois ele não ensina as pessoas a sentirem, mas a conhecerem a Deus.
Em seu blog esse assunto já foi tratado, com o título de “Só para inteligentes” o texto dizia que enquanto as pessoas não usarem o raciocínio elas não serão livres e continuarão escravas “dos vícios, da religiosidade, de ideias e pensamentos de pobreza, de mitos, de horóscopos, de canções recheadas de emoções, enfim, suas mentes estarão confinadas à subserviência do coração”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário